Irmão de ex-lateral da Seleção Brasileira morre após ser espancado durante assalto

Morreu na noite de terça-feira (25), Cosme Almeida Lima, 43 anos, o ‘Dão’, irmão do ex-lateral direito do Santos, Palmeiras e Seleção Brasileira, Baiano, após ser espancado durante um assalto no Centro de Santos, no litoral de São Paulo. As informações foram divulgadas pela polícia na madrugada desta quinta-feira (27).

Conforme a Polícia Militar, o crime aconteceu na madrugada de terça-feira (25), durante a noite de natal. A vítima contou aos policiais que foi assaltada por dois homens, ainda não identificados, que levaram a carteira dele.

Durante a ocasião, os bandidos agrediram Dão no rosto e no peito. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para UPA Central onde recebeu atendimento e foi liberado.

Após ser medicado, Cosme Almeida chegou a dizer aos familiares que continuava com mal estar e foi novamente levado à unidade. Após atendimento, foi recomendado repouso.

A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 20h10 de terça-feira e foi sepultada no início da noite desta quarta-feira (26).

O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos como latrocínio – roubo seguido de morte. Segundo familiares, Dão morreu por insuficiência respiratória, hemorragia e trauma pulmonar.

Baiano jogou no Santos na década de 1990 e depois retornou em 2007 — Foto: Arquivo/ Jornal A Tribuna de Santos